Ansiedade e depressão em homens

Continuando a maratona do Novembro Azul, vamos trabalhar com a ideia da ansiedade e depressão em homens. 

Os homens tendem a adiar a obtenção de qualquer tipo de apoio, porque podem pensar que são fortes, auto suficientes e capazes de controlar a dor e controlar as situações. 

Assim, isso pode se tornar difícil para os homens reconhecerem que têm algum problema de saúde, muito menos algum que afete seu bem-estar social e emocional.

Desta forma, a depressão é uma condição de saúde mental comum e séria que dificilmente melhorará por si mesma. 

Se você acha que só precisa de ajuda quando tiver um braço quebrado ou um corte profundo no pé, não espere que isso cure sem ajuda médica. É o mesmo com a depressão – é importante buscar apoio.

Prevalência de ansiedade e depressão em homens

Em média, um em cada 8 homens terá depressão e um em cada 5 terá ansiedade em alguma fase da vida.

Sim, os homens têm menos probabilidade de sofrer de ansiedade e depressão do que as mulheres. No entanto, eles também são menos propensos a falar sobre isso. E isso aumenta o risco de sua ansiedade ou depressão não ser reconhecida e tratada.

A depressão não tratada é um fator de alto risco para suicídio. No Brasil, ocorrem muitos suicídios a cada ano. Cerca de 75% das pessoas que tiram suas vidas são homens, com uma média alta de homens tirando suas vidas. 

É importante lembrar que ansiedade e depressão são condições, não fraquezas, e que existem tratamentos eficazes.

Assim, aprenda os sinais e sintomas de ansiedade e depressão – não apenas para você, mas também para seus amigos e familiares. 

Sintomas de ansiedade e depressão em homens

A ansiedade é mais do que sentir as palmas das mãos suadas e sentir frio na barriga. Os sintomas de ansiedade podem incluir sentimentos contínuos de preocupação, medo e desgraça iminente que são tão graves que interferem em sua capacidade de trabalhar, manter relacionamentos e ter uma noite de sono decente. 

Os sinais físicos de ansiedade podem incluir: 

  • coração batendo forte ou acelerado
  • suor excessivo
  • tensão muscular
  • inquietação ou agitação
  • tontura e vertigem
  • falta de ar ou sensação de asfixia
  • insônia
  • ataques de pânico

Os sinais emocionais de ansiedade podem incluir:  

  • preocupação frequente sobre o que pode dar errado
  • sentimentos de pavor
  • problemas de concentração
  • evasão 
  • pensamento catastrófico
  • irritabilidade ou nervosismo
  • sendo excessivamente vigilante em relação ao perigo
  • distração
  • medo de perder o controle.

Sintomas de depressão em homens

Embora a depressão seja frequentemente associada à tristeza e desesperança, ela também se manifesta em irritabilidade e raiva, riscos desnecessários e aumento do uso de álcool ou drogas entre os homens.

Os sinais físicos de depressão podem incluir: 

  • perda de energia, letargia ou exaustão
  • mudanças no apetite 
  • mudança nos padrões de sono e inquietação
  • perda do desejo sexual
  • uso de álcool ou drogas.

Os sinais emocionais de depressão podem incluir:  

  • sentindo-se triste ou nervoso
  • perder interesse ou prazer nas atividades
  • sentindo-se irritado, com raiva ou violento 
  • tornando-se retraído e isolado
  • sentindo-se inútil, culpado ou sem esperança 
  • assumindo riscos desnecessários 
  • pensando em morte ou suicídio.

Tratamento para ansiedade e depressão em homens

Seu médico é uma boa fonte de informações e pode discutir com você se o que você está sentindo pode ser ansiedade ou depressão. Eles também podem encaminhá-lo a um psicólogo  ou psiquiatra. 

Qualquer um desses profissionais de saúde pode ajudá-lo com um plano de ação, independentemente de você ter ou não diagnóstico de ansiedade, depressão ou ambos. 

Assim, a ansiedade e a depressão são como quaisquer outras condições – existem maneiras de tratá-las e gerenciá-las .

Mudanças no estilo de vida, como passar tempo com amigos e familiares que o apóiam, exercícios regulares , dormir o suficiente , manter uma dieta saudável  e reduzir o álcool e outras drogas são mudanças que valem a pena, que podem ajudar a reduzir os sintomas de ansiedade e depressão. 

Já os tratamentos psicológicos, incluindo a terapia cognitivo-comportamental ou hipnose são eficazes no tratamento da ansiedade e da depressão e costumam ser recomendados.

Para algumas pessoas, a medicação antidepressiva também pode ser uma opção. 

Desenvolva um plano de ação para ansiedade e depressão

Seu plano de ação para ansiedade e depressão abrangerá uma ampla gama de opções. O plano pode incluir exercícios, controle do estresse e como melhorar o seu sono. 

Alguns homens pensam que é sinal de fraqueza admitir que estão passando por um momento difícil. Porém, se você tem ansiedade ou depressão, não pode simplesmente ‘sair dessa’ ou ‘se recompor’. Há mais do que isso.

O importante é encontrar as opções certas e os profissionais de saúde certos para você.

Continue conosco em nossa jornada pelo autoconhecimento e na maratona da saúde mental, para homens e mulheres!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Descubra o melhor que há em você