Transtorno de ansiedade é uma doença mental?

Ansiedade

Você é ou conhece alguém assim?

O  transtorno de ansiedade   com tratamento  pode controlar os sentimento de muitas  pessoas. Então vamos saber quais são os tipos de ansiedade :

Tipos de transtornos de ansiedade

Existem vários tipos de transtornos de ansiedade:

Transtorno de ansiedade generalizada

A pessoa sente preocupação e tensão excessivas e irrealistas com pouco ou nenhum motivo.

Transtorno de pânico

Acontece com um medo repentino e intenso que pode provocar um ataque de pânico. Durante esse ataque, a pessoa pode começar a suar, ter dor no peito e batimento cardíaco acelerado (as chamadas palpitações). Às vezes, pode ainda sentir que está sufocando ou tendo um ataque cardíaco. 

Transtorno de ansiedade social

Também chamada de fobia social, ocorre quando há uma preocupação constante e uma autoconsciência sobre as situações sociais cotidianas. É uma espécie de preocupação obsessiva com os outros julgando ou sendo envergonhado ou ridicularizado.

Fobias específicas

Há um medo intenso de um objeto ou situação específica, como alturas ou voar. O medo vai além do que é apropriado e pode fazer com que se evite situações mais comuns.

Agorafobia

A pessoa tem um medo intenso de estar em um lugar de onde parece difícil escapar ou obter ajuda em caso de emergência. Por exemplo, ela pode entrar em pânico ou ficar ansiosa quando está em um avião, transporte público ou na fila de uma multidão.  

Ansiedade de separação

Crianças pequenas não são as únicas que ficam com medo ou ansiosas quando um ente querido vai embora. Qualquer pessoa pode ter transtorno de ansiedade de separação. Se o fizer, você se sentirá muito ansioso ou com medo quando uma pessoa próxima sair de sua vista. 

Mutismo seletivo

É um tipo de ansiedade social em que crianças pequenas que conversam normalmente com a família não falam em público, como na escola.

Transtorno de ansiedade induzida por medicamentos

O uso de certos medicamentos ou drogas ilegais, ou a abstinência de certas drogas, pode desencadear alguns sintomas de transtorno de ansiedade.

Sintomas de transtorno de ansiedade

O principal sintoma dos transtornos de ansiedade é o medo ou a preocupação excessiva. Os transtornos de ansiedade também podem dificultar a respiração, o sono, a quietude e a concentração. Seus sintomas específicos dependem do tipo de transtorno de ansiedade que você tem. 

Esses sintomas comuns são: 

  • Pânico, medo e inquietação
  • Sentimentos de pânico, desgraça ou perigo
  • Problemas de sono
  • Mãos ou pés com frio, suados ou formigando
  • Falta de ar
  • Respirar mais rápido e mais rapidamente do que o normal (hiperventilação)
  • Palpitações cardíacas
  • Boca seca
  • Náusea
  • Músculos tensos
  • Tontura
  • Pensar sobre um problema repetidamente e não conseguir parar (ruminação)
  • Incapacidade de concentração
  • Evitando intensa ou obsessivamente objetos ou lugares temidos

>>> Para saber mais: Quais são os 6 sintomas de ansiedade?

Causas e fatores de risco do transtorno de ansiedade

Os pesquisadores não sabem exatamente o que causa os transtornos de ansiedade. Uma complexa mistura de coisas desempenha um papel em quem consegue e quem não consegue. 

Mas, quando a ansiedade se torna um transtorno?

O Dr. Mohamad Bazzi discute quando a ansiedade se torna um transtorno. Na verdade, a ansiedade se torna um transtorno quando começa a afetar sua capacidade de lidar com a situação, ou de realizar suas atividades normais da vida diária, ou mesmo, de interagir com o mundo ao seu redor de maneira apropriada. 

Também se torna um transtorno se os sintomas de ansiedade, embora você esteja lidando bem com a situação, começam a lhe causar um sofrimento significativo. Existem muitas opções de tratamento realmente boas para os transtornos de ansiedade, incluindo medicamentos e terapia, além de outras propostas não-medicamentosas que talvez você desconheça e vai ficar muito surpreso em saber que existem e são muito eficiente

Mas cuidado: nem toda ansiedade é um transtorno!

Algumas causas de transtornos de ansiedade são: 

Genética: os transtornos de ansiedade podem ocorrer em famílias, e serem transmitidos hereditariamente 

Química do cérebro: alguns transtornos de ansiedade podem estar ligados a circuitos defeituosos no cérebro que controlam o medo e as emoções. 

Estresse ambiental: isso se refere a eventos estressantes que você presenciou ou vivenciou. 

Retirada ou uso indevido de drogas: certos medicamentos podem ser usados ​​para ocultar ou diminuir certos sintomas de ansiedade. 

Condições médicas: alguns problemas cardíacos, pulmonares e da tireoide podem causar sintomas semelhantes aos transtornos de ansiedade ou piorar os sintomas de ansiedade. 

Abuso sexual na infância: o abuso ou negligência emocional, físico e sexual durante a infância está relacionado a transtornos de ansiedade mais tarde na vida. 

Trauma: viver um evento traumático aumenta o risco de transtorno de estresse pós-traumático (TEPT), que pode causar ataques de pânico.

Eventos de vida negativos: eventos estressantes ou negativos na vida, como perder um dos pais na primeira infância, aumentam o risco de transtorno de ansiedade.  

Baixa autoestima: percepções negativas sobre si mesmo podem levar ao transtorno de ansiedade social.

Diagnósticos de Transtorno de Ansiedade

Se você tiver sintomas crônicos, seu médico irá examiná-lo e fazer perguntas sobre seu histórico médico. Eles podem executar testes para descartar outras condições de saúde que podem estar causando seus sintomas. Mas, nenhum teste de laboratório pode diagnosticar especificamente transtornos de ansiedade.

Se o seu médico não encontrar nenhuma razão física para o que você está sentindo, ele pode encaminhá-lo a um psiquiatra, psicólogo ou psicoterapeuta, um especialista em saúde mental. Esses especialistas farão perguntas e usarão ferramentas e testes para descobrir se você tem um transtorno de ansiedade.

Tratamentos para transtornos de ansiedade

Existem muitos tratamentos para reduzir e controlar os sintomas do transtorno de ansiedade. Normalmente, as pessoas com transtorno tomam remédios, mas nem sempre isso pode ser aconselhado. 

As estratégias medicamentosas são fundamentais, quando bem indicadas, com um bom diagnóstico e um bom planejamento terapêutico, mas infelizmente, as prescrições médicas vêm acontecendo de forma cada vez mais indiscriminadas e inconsequentes.

Assim, os tratamentos para o transtorno de ansiedade incluem: 

Medicação

Vários tipos de medicamentos são usados ​​para tratar transtornos de ansiedade. Converse com seu médico ou psiquiatra sobre os prós e os contras de cada medicamento para decidir qual é o melhor para você. 

Psicoterapia

É um tipo de aconselhamento que o ajuda a aprender como suas emoções afetam seus comportamentos. Às vezes, é chamada de psicoterapia também. 

Um especialista em saúde mental ouve e fala com você sobre seus pensamentos e sentimentos, sugerindo maneiras de entendê-los e gerenciá-los.

Terapia Cognitivo-comportamental (TCC)

Este tipo comum de psicoterapia ensina como tornar-se autoconsciente, sabendo a causa e origem dos pensamentos e comportamentos. Você aprenderá maneiras de abordar e gerenciar cuidadosamente situações de medo sem ansiedade. 

Portanto, essas dicas podem ajudá-lo a controlar ou diminuir seus sintomas:

Aprenda sobre seu transtorno. Quanto mais você sabe, melhor preparado estará para gerenciar os sintomas e bloqueios ao longo do caminho. Não tenha medo de perguntar ao seu terapeuta. Lembre-se de que você é uma parte fundamental de sua equipe de saúde mental

Pode ser desafiador e frustrante viver com um transtorno de ansiedade. A preocupação e o medo constantes podem fazer você se sentir cansado e com medo. Pode levar algum tempo para encontrar o tratamento certo que funcione para você. Para a maioria das pessoas com transtornos de ansiedade, uma combinação desses tratamentos depende de sua situação. 

Com autocuidado e tratamento adequado, você pode aprender a controlar seus sintomas e ter sucesso.  

Quer saber mais sobre saúde mental?

Não deixe de acompanhar nossa série especial que estamos montando exclusivamente para você.

Curta nossa maratona de artigos e compartilhe em suas redes sociais! 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Descubra o melhor que há em você