Hoje é o Dia Nacional das Parteiras

É claro para quem pensa que as mulheres nem sempre deram à luz em hospitais e, de fato, elas geralmente davam à luz em suas próprias casas, sob a orientação de uma mulher experiente.

Havia quem se especializasse no processo de parto e a ajudasse a se concretizar naturalmente, e essas mulheres eram chamadas de Parteiras.

O Dia Nacional da Parteira serve para nos lembrar que o corpo feminino é perfeitamente capaz de dar à luz e levar uma criança a termo sem alguns dos métodos invasivos empregados por obstetras e outros profissionais.

História do Dia nacional das Parteiras

A história da Obstetrícia remonta à pré-história, embora existam registros em todo o mundo de tradições de parteira.

Essas mulheres são aquelas que fizeram um estudo sobre o processo de parto e o papel vital que ele desempenha na perpetuação da espécie e seu significado cultural.

Embora seja verdade que nos tempos antigos suas práticas eram fortemente baseadas em experiência e mitologia, as parteiras de hoje são tão capazes e competentes em ver uma mulher a termo quanto os obstetras mais comumente usados.

Embora existam homens especializados em obstetrícia, milhares de anos de tradição tornaram este campo da medicina quase exclusivamente uma arte feminina.

Tanto que, de fato, para ser parteira na Grécia antiga e Egito era preciso ter dado à luz, tornando-se uma prática exclusivamente feminina.

É esta história que levou à divisão entre Obstetras e Obstetras, uma divisão que ocorreu na Europa do século XVII.

Embora a prática da obstetrícia tenha caído por um tempo nos últimos duzentos anos, há um movimento crescente em direção ao parto domiciliar que está tornando essa prática mais relevante do que nunca.

Por que é importante celebrar as parteiras

Há uma série de razões diferentes pelas quais o Dia Nacional das Parteiras é uma celebração importante. Isso inclui o seguinte:

Há uma escassez de parteiras:

Quando discutimos todas as coisas incríveis que as parteiras fazem, também é importante levar em consideração o fato de que há uma escassez de parteiras, especialmente nos países em desenvolvimento! Isso significa que há muitos desafios e muitas parteiras sofrem com a falta de apoio, baixo status e salários baixos.

Parteiras salvam milhões de vidas todos os anos:

Desde 1990, o mundo tem visto uma diminuição constante nas mortes maternas e de recém-nascidos. Uma das principais razões para isso é porque mais mulheres estão recebendo cuidados de obstetrícia qualificados.

As parteiras prestam cuidados médicos essenciais:

As parteiras não só salvam vidas, como também prestam uma vasta gama de outros serviços médicos importantes. Eles podem realizar exames de câncer de colo do útero e de mama, além de oferecer aconselhamento e serviços. Em alguns países, eles também podem realizar cuidados obstétricos básicos de emergência.

As parteiras são importantes defensoras dos direitos das mulheres:

Por último, mas não menos importante, não podemos mencionar a importância das parteiras sem discutir como elas fazem muito em termos de avanço dos direitos das mulheres em todo o mundo. Eles podem ajudar sobreviventes de violência de gênero, além de ajudar a prevenir a mutilação genital feminina. A importância do seu trabalho não deve ser subestimada.

Como comemorar o Dia Nacional das Parteiras

Uma das melhores maneiras de celebrar o Dia Nacional das Parteiras é aprender sobre a Obstetrícia e o papel que ela desempenha no parto domiciliar.

Se você conhece uma parteira ou alguém que a ajudou a dar à luz seu filho, envie-lhes um cartão de agradecimento ou ligue para eles e diga que os aprecia.

As parteiras tendem a se importar muito com as crianças que ajudam a trazer ao mundo e adoram atualizações!

Há uma série de outros passos que você pode tomar para fazer sua parte no Dia Nacional das Parteiras.

Por que não procurar maneiras diferentes de informar o público sobre as parteiras?

Você pode organizar um evento de alta visibilidade para o dia.

Isso inclui qualquer coisa, desde uma maratona a uma apresentação pública, marcha ou um comício.

Outra opção é criar uma campanha de mídia social (você pode também seguir as nossas).

Se você é experiente com a Internet e tem uma boa presença online, você pode incentivar as pessoas a participar e compartilhar suas próprias experiências em relação aos cuidados de obstetrícia.

No Brasil, a Lei 13.100/15, instituiu o dia 20 de janeiro como Dia Nacional da Parteira Tradicional, sancionadas pela presidente Dilma Rousseff e estão publicadas na edição do Diário Oficial da União.

Hoje, as parteiras tradicionais são estimadas em mais 70 mil no País, assistindo a cerca de 450 mil partos por ano.

Escolha da data

A data escolhida para festejar o Dia Nacional da Parteira Tradicional tem como base comemoração celebrada no estado do Amapá, que já homenageava a categoria em 20 de janeiro, por ocasião do aniversário da parteira tradicional mais antiga de Macapá, Juliana Magave de Souza. Juliana nasceu em 1908 e teria realizado mais de 300 partos.

O Dia Nacional das Parteiras celebra esses homens e mulheres intrépidos e o papel que desempenham em um lar feliz e um parto saudável.

O mundo precisa de parteiras agora mais do que nunca, pois elas mudam o mundo e brindam com uma semente nova a cada vez.

Parteiras, mães e famílias: parceiras para a vida!

Nós do Instituto Bazzi celebramos as conquistas das parteiras, bem como sua contribuição para melhorar os resultados da saúde mental, neonatal, materna, reprodutiva e sexual.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

três + 17 =

Descubra o melhor que há em você