A importância do Outubro Rosa

OUTUBRO, o mês da solidariedade, conscientização sobre o câncer de mama e sobre o feminino.

Sim, outubro é o mês em que pessoas, instituições, ONGs, empresas e movimentos adotam a cor rosa como forma de dar força à campanha de prevenção e conscientização sobre o diagnóstico precoce do câncer de mama: o outubro rosa.

Mas, também é a Rosa de Outubro

Apesar das campanhas e da grande divulgação sobre o assunto a cada ano, ainda existem muitas dúvidas e apreensões em relação ao problema da saúde da mulher. Embora seja uma doença que requer tratamento intenso, conversar sobre essa questão pode ajudar a esclarecer os mitos e verdades e deixar as mulheres mais seguras, diminuindo o medo a ela associado. 

A boa notícia é que um em cada três casos de câncer, por exemplo, pode ser curado se for descoberto logo no início. Portanto, é fundamental conversar sobre esses assuntos com amigas e familiares, pois todos podem ajudar.

A Rosa de Outubro

Outubro é mundialmente conhecido como o mês em que ocorrem as ações relacionadas à prevenção e ao diagnóstico precoce do câncer de mama. Na verdade, esse movimento que ficou conhecido como Outubro Rosa, é comemorado anualmente desde os anos 90. 

Hoje, a campanha é usada para compartilhar informações sobre o câncer de mama e, mais recentemente, sobre o câncer de colo do útero. Assim, a ideia é promover a conscientização sobre o tema. Porém, nós do Instituto Bazzi, vamos mais além!

A importância do Outubro Rosa também é sobre a mulher, o feminino, a sua saúde e que diz respeito ao autoconhecimento – seja ele, fisiológico, emocional ou mental. Sabemos que muitas das doenças como o câncer, por exemplo, são facilitadas graças ao estilo de vida, ambientes opressores, tóxicos, relações indesejadas, etc. Falar sobre essas doenças é proporcionar também maior acesso aos serviços de diagnóstico e contribuir para a redução da mortalidade.

Desta forma, com a cor rosa iluminando a fachada de várias instituições públicas e privadas que aderem ao movimento, a perspectiva é incentivar a população feminina sobre o resultado dessa conscientização geral. 

Na maioria dos casos, há uma boa resposta ao tratamento, especialmente quando a doença é diagnosticada precocemente. Vale lembrar que o diagnóstico precoce ainda é o maior aliado para que o tratamento seja eficaz. Assim, quando identificado precocemente, pode ser tratado logo, evitando que o tumor se espalhe.

Portanto, é importante que as mulheres observem seus corpos sempre que possível, como no banho, na hora de trocar de roupa ou em outra situação do dia a dia. Desta forma, olhar no espelho e tocá-lo é muito eficiente para reconhecer suas variações naturais e identificar mudanças suspeitas.

O que fazer para aumentar a conscientização

Desta forma, caso identifiquem alguma alteração, as mulheres devem procurar imediatamente um serviço de saúde, como posto, para receber orientações adequadas.

Além de estar atenta ao próprio corpo, também é recomendado que mulheres de meia idade façam uma mamografia de rastreamento (quando não há sinais ou sintomas) a cada dois anos. 

Este exame pode ajudar a identificar o câncer antes do início dos sintomas. A mamografia é uma radiografia da mama feita por um aparelho de raios X denominado mamógrafo, capaz de identificar alterações suspeitas. 

>>> Outra informação importante: segundo o Ministério da Saúde, cerca de 30% dos casos de câncer de mama podem ser evitados com a adoção de hábitos saudáveis, como: 

  • praticar atividade física regularmente; 
  • ter uma alimentação saudável; 
  • não ter excesso de peso; 
  • evitar bebidas alcoólicas em excesso
  • amamentar;
  • praticar o autoconhecimento

Vale ressaltar que o câncer de mama não tem apenas uma causa. A idade é um dos fatores de risco mais importantes para a doença (quatro em cada cinco casos ocorrem após 50 anos). Aprenda sobre outros fatores que aumentam o risco.

Assim, nós do Instituto Bazzi destacamos a importância do carinho como estratégia para a mulher superar as dificuldades do tratamento. Além disso, as tensões entre o diagnóstico e a busca por tratamentos existem em várias instituições ao redor do mundo com muitas iniciativas importantes que apóiam a causa. 

Agora que você tem muitas informações, que tal compartilhar com suas amigas este conteúdo em suas redes sociais?

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Descubra o melhor que há em você